Início » 5 coisas que não se deve dizer para quem tem acne
0 comentários
Compartilhar

A gente sabe que qualquer coisa pode virar motivo de piada na escola. Imagine só quando você tem acne. Mas, assim como você não gostaria que falassem coisas ruins para você apenas pelo fato de ter cravos e espinhas, o mesmo vale em relação a um amigo. Por mais que vocês tenham bastante proximidade, é bom evitar frases como essas a seguir:

“Ainda bem que eu tenho a pele boa”

Que coisa mais chata de se dizer, não é mesmo? Você não ajuda em nada com isso e ainda pode dar com a língua nos dentes, já que a acne afeta 90% dos adolescentes. Não é uma questão de pele boa ou ruim, mas uma fase em que os hormônios estão a mil – e, sim, você não está livre de ter acne amanhã.

 

“Você tem que lavar mais o rosto”

Ah, jura? Todo mundo sabe, ou pelo menos deveria saber que lavar o rosto duas vezes por dia (de manhã e à noite) ajuda e muito no tratamento e na prevenção da acne. Mas também não é o único fator que pode dar um fim para cravos e espinhas. Fora que lavar o rosto em excesso pode remover a oleosidade natural da pele e piorar ainda mais a situação.

 

“Você come muito chocolate, né?”

Existe uma lenda por aí que aponta o chocolate como um dos piores vilões para o surgimento de espinhas, mas não há uma relação direta entre o alimento e a acne. O que se sabe é que é preciso cortar o consumo de comidas ricas em gorduras, que podem intensificar a produção de oleosidade. E veja só: a pessoa em questão pode nem comer tanto chocolate assim. Por isso, não tire conclusões precipitadas.

 

 “Você não devia usar tanta maquiagem”

Amiga, não é um batom que vai fazer você acordar cheia de espinhas. Aliás, muitas vezes você nem sabe se a pessoa usa maquiagem. O ideal é que sejam usados produtos próprios para adolescentes e para o seu tipo de pele. Ah, e sempre (sempre mesmo) remova toda a maquiagem antes de dormir.

 

“Para de frescura e espreme logo essa espinha”

Opa, ter uma espinha não é frescura. Espremer acaba piorando o aspecto da espinha e pode fazer com que ela volte maior. Sem falar no risco de ficar com dor e cicatriz. Em vez de dar esse conselho errado, que tal contar uma história engraçada de quando você estava com uma espinha? Desse jeito, seu amigo se sente mais confiante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *